telefoniaNo âmbito empresarial, os cuidados com as comunicações devem ser cada vez mais criteriosos. Assim, medidas de contrainteligência visando proteção das informações faladas e escritas devem ser objeto de atenção por parte da alta direção.

Esse serviço permite:

a) Análise Preliminar de Risco

  • Análise de risco pormenorizada, voltada para a identificação das principais vulnerabilidades das instalações;
  • Checagem das ferramentas e dos procedimentos internos de contrainteligência utilizados (implantados ou propostos);
  • Desenho de estratégias personalizadas para a condução da Política de Contrainteligência:
    • Segurança de pessoal: Processo seletivo, níveis de acesso, desligamento;
    • Segurança da documentação e do material: Classificação, manuseio, arquivo e destruição de documentos sensíveis, controle de agenda;
    • Segurança das comunicações: Segurança da transmissão (equipamentos de proteção, plano de varredura telefônica) e do conteúdo (criptografia), procedimentos ao telefone;
    • Segurança da informática: Segurança física, de software e de hardware, criptografia;
    • Segurança das áreas e das instalações: Demarcação, controle de acesso e monitoramento de áreas sensíveis (salas de reunião, arquivo, etc.), plano de varredura ambiental.
  • Avaliação das ferramentas de contrainteligência disponíveis no mercado, aplicáveis às soluções desenhadas, de acordo com critérios de confiabilidade, funcionalidade, qualidade e custos;
  • Elaboração da política de contrainteligência;
  • Implantação do projeto em sua integridade.

b) Varredura Ambiental

Ações com a finalidade de detectar equipamentos clandestinos utilizados no monitoramento de ambientes:

  • Inspeção física e visual de salas;
  • Análise do espectro de radiofrequência até 21GHz;
  • Análise de portadoras na rede elétrica;
  • Análise de emissões em infravermelho;
  • Análise de cabeamento, eletrodutos, quadros e objetos suspeitos;
  • Confirmação da detecção através de sinal audível;
  • Desmontagem técnica de tomadas de força (rede elétrica) e telefônicas, interruptores, forros de teto, luminárias e caixas de distribuição para melhor análise e avaliação de sinais suspeitos;
  • Inspeção física de equipamentos de informática utilizados no ambiente;
  • Emissão de laudo técnico a partir das informações coletadas.

c) Varredura Telefônica

Ações com a finalidade de detectar equipamentos clandestinos utilizados no monitoramento de conversas telefônicas:

  • Inspeção de quadros internos de telefonia, sala do PABX, distribuidor geral, tomadas, cabos e equipamentos fixos e móveis de telefonia;
  • Medições elétricas dos ramais e análise comparativa;
  • Análise de fiações suspeitas;
  • Estudo das facilidades do sistema PABX relacionados a segurança;
  • Análise do espectro de radiofrequência junto aos ramais telefônicos a serem inspecionados;
  • Emissão de laudo técnico a partir das informações coletadas.

d) Assessoria Permanente em Contrainteligência

  • Manutenção do projeto em sua integridade, através da fiscalização do cumprimento das normas de contrainteligência definidas durante a análise preliminar de risco;
  • Monitoramento contínuo da segurança lógica dos equipamentos de informática utilizados pela empresa;
  • Testes de intrusão, com a finalidade de detectar falhas no sistema e orientar o pessoal interno de tecnologia da informação;
  • Aprimoramento do plano de contrainteligência, em face de novas ameaças e vulnerabilidades identificadas.